Israel quer guerra, diz chefe de segurança palestino

Para o chefe de segurança palestina em Gaza, Mohammed Dahlan, a maioria dos israelenses quer guerra com os palestinos. Em entrevista ao jornal Maariv, Dahlan disse que os israelenses se referem aos palestinos como "inimigos". Dahlan é o chefe de segurança mais importante em Gaza e é um aliado muito próximo do líder palestino Yasser Arafat. Ele participou de alguns encontros entre líderes israelenses e palestinos organizados pela CIA, mas desistiu de voltar à mesa de negociações. "Nós poderíamos discutir por dois anos", ele disse. "O governo de Israel simplesmente não quer parar com a violência." Israel acusa os palestinos de serem responsáveis pelos confrontos na região e o primeiro-ministro Ariel Sharon ordena que a violência seja interrompida totalmente, antes que as negociações possam ser retomadas. "Isso é o mesmo que dar a cada criança o poder de sabotar qualquer acordo", afirmou Dahlan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.