Israel quer vacinar população contra varíola

Israel planeja vacinar contra varíola seus funcionários de agências de emergência e de saúde em meio a preocupações de que possa ocorrer uma guerra dos Estados Unidoscontra o Iraque. Segundo a Rádio Israel, cerca de 150.000 pessoas poderiam ser imunizadas.Em outra medida preventiva, todos os cidadãos israelenses receberiam pílulas de iodeto de potássio, que oferecem uma proteção limitada contra a radioatividade. De acordo com odiretor-geral do Ministério da Defesa, Amos Yaron, esta última medida seria tomada devido à possibilidade de um acidente nuclear - e não por uma possível ameaça iraquiana.Yaron afirmou que, apesar de Israel não ter informações concretas de que o Iraque possa atacar com o vírus da varíola ou outras armas biológicas, "necessitamos que as doses estejamdisponíveis, e aqueles que tratam a população têm que ser vacinados primeiro".A recomendação de vacinação foi enviada pelo Ministério da Saúde ao gabinete de governo, que a debaterá na próxima semana. De acordo o porta-voz ministerial, Iddo Hadari, detalhes sobre a recomendação serão dados fornecidos apenas depois de uma decisão sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.