Israel reabre fronteira entre Egito e Faixa de Gaza

O governo israelense reabriu a passagem de fronteira entre Gaza e Egito, permitindo que cerca de 1.500 palestinos voltem para casa, depois de três semanas em que estiveram impedidos de deixar o território egípcio. O primeiro ônibus cheio de palestinos já entrou em Gaza. Centenas de palestinos dormiram no chão, perto da fronteira, enquanto aguardavam a liberação. Segundo o jornal Haaretz, pressão dos EUA levou à abertura.Israel havia fechado a passagem em 18 de julho, alegando informações de que um túnel havia sido escavado por baixo da fronteira e até uma base militar. Palestinos radicais estariam planejando explodir a base. Durante o período de fechamento, centenas de palestinos ficaram desabrigados nos arredores do posto de fronteira. Outros alojaram-se em hospedarias ou voltaram ao Cairo. O Egito chegou a emitir um alerta de crise humanitária.

Agencia Estado,

06 de agosto de 2004 | 13h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.