Israel reabre principais passagens comerciais da Faixa de Gaza

Israel reabriu nesta quinta-feira as passagens comerciais de Sufa e Karni, principais acessos de produtos emercadorias à Faixa de Gaza, depois de permanecerem praticamentefechados desde junho. Segundo um comunicado divulgado nesta quinta-feira pelo Exército israelense, 50caminhões de produtos e mercadorias, nos quais se incluem remédios,cruzaram nesta quinta-feira a passagem de Karni rumo à Faixa de Gaza. Além disso, o terminal de Rafah, no sul da Faixa de Gaza e nafronteira com o Egito, abrirá suas portas no próximo sábado epermanecerá aberta durante 24 horas nos dois sentidos para permitiro retorno dos peregrinos que durante o mês do Ramadã viajaram àArábia Saudita e a outros países. O anúncio foi feito na quarta-feira por Osama Al-Assar, diretorda passagem fronteiriça, a única controlada pela Autoridade NacionalPalestina (ANP). No entanto, nos últimos meses o terminal foi submetido aconstantes fechamentos porque Israel passou a impedir osobservadores da UE de supervisionar as gestões no cruzamento após oseqüestro do soldado Gilad Shalit por comandos palestinos em junho. Desde 25 de junho, dia em que Shalit foi capturado por milicianospalestinos e levado a Gaza, as passagens e os cruzamentos à faixapalestina permaneceram fechados a maior parte do tempo. O presidente da ANP, Mahmoud Abbas, pediu na quarta-feira àsecretária de Estado americana, Condoleezza Rice, que interceda comos israelenses para que autorizem a reabertura das passagensfronteiriças e possam aliviar a situação humanitária dos palestinos,especialmente na Faixa de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.