Israel rejeita oferta de paz da Síria, diz jornal

O governo israelense rejeitou uma iniciativa da Síria para deter a violência ao longo da fronteira e a subseqüente retomada das negociações para um amplo plano de paz, informa um jornal de Israel. A proposta síria pede que Israel pare de sobrevoar o sul do Líbano e detenha todas as ações militares ao longo da fronteira norte, diz reportagem do Maariv.Em troca, a Síria garantiria que o grupo guerrilheiro Hezbollah cessaria todos os ataques contra alvos israelenses. Num segundo momento, Israel e Síria retomariam as negociações de paz num contexto mais amplo.Segundo o jornal, a proposta foi encaminhada ao governo israelense há poucas semanas por um terceiro, que mantém boas relações com a Síria. Autoridades israelenses teriam avaliado o plano mas rejeitado a oferta de mediação, diz o texto. O chanceler israelense Silvan Shalom disse desconhecer a iniciativa noticiada, mas informou que os dois países mantiveram conversações meses atrás, já suspensas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.