Israel responde a morteiros sem direção vindos da Síria

O Exército de Israel disse que conseguiu "acertar diretamente" alvos na Síria em resposta a um morteiro sem direção que caiu nas Colinas do Golã. Segundo informou o Exército, tanques de guerra de Israel abriram fogo em alvos sírios nesta segunda-feira após o salvo de morteiros cair em uma área aberta do estratégico território sírio capturado por Israel em 1967.

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 13h09

Fontes no Exército israelense disseram que "a artilharia síria" foi atingida. Falando sob a condição de anonimidade, eles não deram maiores detalhes sobre o ataque.

O incidente marcou o segundo dia consecutivo que Israel responde ao fogo sírio. Acredita-se que os morteiros foram originados da guerra civil na Síria, e Israel não considerou que os projéteis tivessem o país como alvo. Ainda assim, Israel prometeu responder se os disparos de morteiros continuarem. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelSíriaGolã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.