Israel retalia palestinos

Nesta sexta-feira, tanques do Exército de Israel dispararam mísseis terra-terra contra postos policiais palestinos na Cisjordânia, em retaliação a morte de um adolescente israelense. Foram destruídos dois postos policiais em Surda, ao norte de Ramallah e um posto em Beitunia controlado pela Force 17, unidade de elite da polícia palestina. Ninguém ficou ferido. Ontem, um adolescente israelense foi morto durante um tiroteio na Cisjordânia, ao mesmo tempo em que bombas explodiram próximas a veículos pertencentes a judeus. Os ataques ocorreram horas depois que centenas de palestinos participaram do sepultamento de um militante assassinado por um míssil israelense. O tiroteio ocorreu na entrada da colônia judaica de Givat Zeev, ao norte de Jerusalém. Ronen Landau, de 17 anos, foi atingido na cabeça e morreu mais tarde em conseqüência dos ferimentos. A emissora informou ainda que palestinos em um veículo abriram fogo contra o assentamento e depois contra o carro onde se encontrava o adolescente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.