Israel retira-se da Federação Internacional de Jornalistas

Israel retirou-se da Federação Internacional de Jornalistas depois de o diretor do organismo, Aden White, negar-se a retirar sua condenação ao ataque israelense contra o canal de televisão Al-Manar, pertencente ao grupo Hezbollah.A associação nacional de jornalistas israelenses e as associações de Jerusalém e de Tel Aviv tomaram a decisão devido à condenação, por parte de White, dos recentes bombardeios israelenses contra o edifico central da Al-Manar, em Beirute.O diretor da associação de imprensa de Jerusalém, Yaron Anush, disse que "não é possível que a Federação Internacional de Jornalistas apóie uma organização de terroristas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.