Israel se diz preocupado com fronteira egípcia

Ataque de militantes deixa três mortos na fronteira entre os dois países.

BBC Brasil, BBC

18 de junho de 2012 | 09h09

O ministro da Defesa de Israel disse que a situação na fronteira com o Egito apresenta sinais preocupantes de deterioração.

Ehud Barak fez a declaração após militantes terem plantado uma bomba e atacado com tiros um grupo de trabalhadores que construía uma cerca fronteiriça, matando um deles.

Soldados israelenses mataram dois dos militantes.

No ano passado ocorreram incidentes similares na fronteira entre Israel e o Egito no deserto do Sinai (Israel diz que militantes palestinos aproveitam a falta de segurança egípcia para lançar ataques). BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
alsoegitoisraelfronteirasinai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.