Israel só abre fronteiras de Gaza se soldado for solto

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, afirmou neste domingo que as fronteiras da Faixa de Gaza somente serão abertas se o soldado Gilad Schalit for solto. O militar foi capturado em junho de 2007.O Egito tenta mediar um cessar-fogo de longo prazo entre Israel e o Hamas, após a dura ofensiva israelense em Gaza. O governo israelense lançou uma operação militar de 22 dias em Gaza em 27 de dezembro, com a intenção declarada de interromper o lançamento de foguetes vindos de Gaza em seu território.O Hamas insiste que as fronteiras devem ser abertas para haver um acordo. Falando a líderes judaicos norte-americanos, Olmert disse que Schalit é a maior prioridade israelense."O Hamas deve pensar duas vezes se imagina que abriremos as fronteiras antes de Gilad Schalit ser devolvido a sua casa saudável", afirmou Olmert. Em troca, o primeiro-ministro ofereceu a soltura de prisioneiros palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.