Israel tem ministro árabe pela primeira vez em sua história

O líder do Partido Trabalhista de Israel e ministro da Defesa, Amir Peretz, designou nesta quarta-feira o deputado árabe Raleb Majadel para o Ministério de Ciência, Cultura e Esporte. Majadele será o primeiro-ministro árabe na história do Estado de Israel, em decisão que será anunciada oficialmente pelo líder trabalhista esta noite."Trata-se de uma decisão histórica, que contribuirá para melhorar as relações entre as diferentes comunidades em Israel", disse Peretz. Israel conta com mais de um milhão de habitantes de origem palestina no país.De 54 anos, casado e pai de quatro filhos, Majadele é deputado desde a legislatura passada e reside na cidade árabe de Baka Al Garabíe (Baka Ocidental), na fronteira com a Cisjordânia. O cargo que ocupará faz parte da quota do Partido Trabalhista no governo, presidido pelo primeiro-ministro Ehud Olmert, líder do Kadima.Há alguns anos, outro membro dessa comunidade, Naef Masalha, também trabalhista, exerceu o cargo de vice-ministro de Exteriores, o mais alto ocupado até então por um árabe de Israel.O Ministério de Ciência, Cultura e Esporte ficou vago há dois meses, quando seu titular, Ophir Pines-Paz, anunciou que o abandonava por divergências com Peretz sobre a entrada no governo israelense do ultranacionalista Avigdor Lieberman. A nomeação de Majadele depende ainda da aprovação do Comitê Central do Partido Trabalhista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.