Israel transfere milhões para trabalhadores palestinos

Gesto israelense beneficia o governo palestino do moderado Mahmoud Abbas

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 09h53

Israel transferiu milhões de dólares para os fundos do novo governo palestino. Com isso, serão pagos integralmente os trabalhadores na Faixa de Gaza, pela primeira vez em um ano. Serão beneficiados 165 mil empregados do governo que não recebiam em função de um boicote internacional imposto ao governo e militantes islâmicos. Os 6 mil funcionários da Força de Segurança do Hamas não vão receber. Em declaração, o governo de Israel afirmou que o depósito foi de 119 milhões de dólares ou 88 milhões de euros, o que foi confirmado por oficiais palestinos. Os israelenses adiantaram que poderá haver outra transferência em poucos dias. A transferência dos fundos no domingo, 1, marca o primeiro gesto concreto do governo israelense para o moderado presidente palestino Mahmoud Abbas desde a tomada do controle da Gaza pelo Hamas em meados de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.