Israel vai expandir colônia na Cisjordânia

Israel anunciou que irá construir 102 novos apartamentos num assentamento na Cisjordânia, apesar de o plano de paz apoiado pelos Estados Unidos exigir o congelamento da expansão dessas colônias em território palestino. Os apartamentos serão construídos ao sul de Jerusalém, no assentamento de Efrat, que tem uma população de 7.000 colonos e é um dos maiores da Cisjordânia. Os planos foram anunciados pelo Ministério da Habitação numa nota de licitação publicada no jornal israelense Haaretz. O plano de paz, de três fases, exige a suspensão das obras de expansão em cerca de 150 assentamentos judaicos espalhados pela Cisjordânia e Faixa de Gaza. O congelamento entrará em vigor no fim da primeira fase do plano. O chamado "roteiro para a paz" está emperrado em sua primeira fase, devido à retomada da violência entre as partes. Autoridades israelenses se negaram a fazer comentários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.