Israel volta a impedir Arafat de ir a Belém no Natal

Israel emitiu uma proibição à tradicional visita do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Yasser Arafat, a Belém para as comemorações do Natal. Este é o terceiro ano consecutivo em que o Estado judeu impede a viagem do líder palestino à cidade onde, segundo a tradição cristã, nasceu Jesus Cristo.Enquanto isso, mediadores egípcios voltavam a pressionar os líderes de grupos armados palestinos para que interrompam seus ataques contra alvos israelenses. Em meio a um persistente impasse nos esforços de paz, líderes israelenses enviaram um ultimato: Israel está pronto para negociar, mas adotará medidas unilaterais se as conversações de paz fracassarem.O vice-primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, que nas últimas semanas defendeu uma retirada unilateral dos territórios palestinos ocupados, alertou o público para que esteja pronto para concessões extremamente dolorosas. Ele disse que "dezenas de milhares" de colonos judeus estabelecidos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza serão desalojados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.