Israelense de comunidade árabe é seqüestrado em Gaza

Um cidadão israelense da comunidade árabe de Israel, Arb Ziara, foi seqüestrado por homens não identificados na faixa autônoma de Gaza. Ziara, de 46 anos, e morador da cidade de Yafo, no distrito de Tel Aviv, estava em Gaza visitando sua mulher e seus filhos, que não têm permissão para residir em Israel.Trata-se do segundo israelense seqüestrado por palestinos na região: o primeiro, o soldado Gilad Shalit, foi capturado por comandos islamitas do Hamas em junho do ano passado, e continua mantido em cativeiro.A notícia sobre o novo seqüestro coincidiu com uma profusão de informações sobre uma possível troca de Shalit por centenas de prisioneiros palestinos detidos em Israel. Por enquanto, não se sabe qual é a exigência dos seqüestradores para libertar o israelense, e nenhuma facção reivindicou sua captura. As autoridades policiais de Gaza não comentaram o novo seqüestro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.