Israelense é assassinado em balneário egípcio

Um israelense foi esfaqueado até a morte por um desconhecido em uma estância balneária no Sinai, informou hoje a polícia egípcia. O homem, um turista de 41 anos não identificado, foi encontrado morto ontem ao lado de seu carro em Ma´agana, uma vila a cerca de 10 quilômetros ao norte de Nuweiba. "Não sabemos o motivo do assassinato", afirmou o comandante da polícia de Nuweiba, tenente Sameh Dessouki. "Estamos investigando".O porta-voz da embaixada israelense, Nadav Cohen, disse não saber o motivo. "Pode ter sido um ato criminoso. Acho que seria especulação falar em motivo político", afirmou.Nuweiba é uma estância balneária no Golfo de Ácaba, cerca de 50 quilômetros de distância ao sul da fronteira com Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.