Israelense é morta em emboscada

Uma israelense foi baleada nesta segunda-feira e está gravemente ferida. De acordo com o Exército de Israel, a mulher foi ferida durante uma emboscada preparada por suspeitos palestinos. Uma equipe de resgate foi enviado ao local do crime, mas a mulher morreu por causa dos ferimentos. O ataque ocorreu perto do vilarejo palestino de Bardaleh, na Cisjordânia, informou um porta-voz do Exército israelense. Os atiradores dirigiam um outro veículo abriram fogo quando passavam ao lado do carro da mulher.O assassinato torna menos provável um encontro entre o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, e o ministro do Exterior de Israel, Shimon Peres, pelo menos em um futuro próximo.Ontem, o secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, pediu para que Israel organize o encontro com urgência, para que as nações árabes e muçulmanas façam parte da coalizão mundial para combater o saudita Osama bin Laden e o terrorismo no mundo.Um encontro deveria ter acontecido neste domingo, mas o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, foi pressionado por ministros da ala linha dura de seu gabinete e cancelou a reunião. Sharon disse que o encontro não poderia acontecer enquanto palestinos continuavam a abrir fogo contra israelenses. O assassinato desta mulher promete atrasar ainda mais o encontro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.