Israelenses apóiam medidas duras contra palestinos

Cerca de metade dos israelenses é a favor de medidas mais duras para pôr um fim à violência com os palestinos, revela pesquisa publicada hoje em Israel.Os palestinos acreditam que Israel se excede nos ataques contra suas bases e cidades e a comunidade internacional pede para que o Exército se contenha. Mas 51% dos israelenses acham que os militares não estão usando força suficiente contra os palestinos. Apenas 17% acreditam que o Exército está abusando da violência.Na semana passada, 42% dos judeus disseram que era preciso usar mais força para conter os palestinos. Durante essa semana, porém, um árabe cometeu um atentado suicida, matando 15 pessoas, entre elas um brasileiro. Outro ataque suicida, mas que não deixou vítimas, também contribuiu para que aumentasse a revolta dos israelenses contra palestinos.SharonA pesquisa mostra ainda maus resultados para o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon. Apenas 21% dos entrevistados acredita que ele será capaz de frear a escalada de violência no Oriente Médio. Na última pesquisa, 43% da população achava que Sharon conseguiria um bom resultado. O índice de aprovação ao premiê israelense também caiu de 59% na semana passada para 49% nesta semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.