Israelenses causam pânico em avião no Panamá

Pelo menos três israelenses foram detidos no Panamá depois de causar pânico em um avião comercial e sacar uma arma de brinquedo em pleno vôo. A agência de aviação civil panamenha informou que os acusados são jovens israelenses em viagem de férias. Nas bagagens dos turistas foram encontradas várias armas similares à utilizada no avião. Eles viajavam na companhia aérea COPA do Peru para a Colômbia, com escala no Panamá. Segundo o chefe de segurança e defesa nacional, "não há nenhuma indicação de que se trata de um grupo com finalidades de executar ações de terror ou atos de terrorismo".

Agencia Estado,

18 de maio de 2004 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.