Israelenses lançam ataque contra Cidade de Gaza

Helicópteros Apache israelenses lançaram nesta segunda-feira pelo menos um míssil contra um alvo na Cidade de Gaza, que não causou vítimas, mas deixou grandes danos materiais, informaram testemunhas do ataque e fontes dos serviços de segurança. Os helicópteros sobrevoaram de noite a cidade palestina, e atingiram com um míssil uma fábrica metalúrgica situada no centro. Segundo testemunhas do ataque em Gaza, a explosão causada pelo míssil foi muito forte e as chamas dos locais atacados puderam ser vistas de longe. O míssil destruiu a fábrica. O ataque israelense acontece horas após um atentado terrorista suicida contra um restaurante de Tel Aviv, assumido pela Jihad Islâmica. A explosão deixou nove mortos e dezenas de feridos. Depois do atentado, o Exército de Israel recebeu a ordem do ministro da Defensa, Saúl Mofaz, de levar a cabo as operações contra a Jihad Islâmica nas cidades de Jenin e Naplusa, na Cisjordânia. O grupo terrorista palestino Jihad Islâmica afirmou que tem uma "unidade de mártires" formada por outros 70 suicidas preparados para agir em diferentes pontos de Israel. O porta-voz da Jihad Islâmica em Gaza, Abu Ahmed, disse que o jovem que cometeu o atentado desta segunda-feira em um restaurante fast-food de Tel Aviv é o primeiro de uma "unidade de mártires" recentemente formada e integrada por homens e mulheres em reposta a campanha de Israel contra o povo palestino.

Agencia Estado,

17 Abril 2006 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.