Israelenses lembram vítimas do Holocausto

Os ônibus pararam, soldadosdesligaram seus sistemas de comunicação e pedestres detiveramsua marcha enquanto as sirenes tocavam por dois minutos hoje em Israel para lembrar as vítimas do Holocausto nazista. As cerimônias do Dia da Lembrança do Holocausto coincidiramcom um momento de grande tensão e escassas perspectivas de pazna região, depois de sete meses de combatesisraelenses-palestinos. No Parlamento, ministros e deputados de partidos rivais leramos nomes de familiares mortos no Holocausto, durante umacerimônia denominada "Cada pessoa tem um nome", à qualassistiu o primeiro-ministro Ariel Sharon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.