Israelenses protestam contra massacre em Gaza

Centenas de israelenses, incluindo diversos militares da reserva, fizeram uma manifestação do lado de fora do ministério da Defesa, para protestar contra o ataque militar na Faixa de Gaza que deixou pelo menos 10 palestinos mortos. Um helicóptero disparou um míssil e um tanque, obuses durante a ofensiva israelense num campo de refugiados, no momento em que milhares de palestinos realizavam uma passeata. Militares israelenses disseram que um obus causou as mortes. A manifestação em frente ao ministério foi organizada às pressas, e a polícia prendeu oito manifestantes por realizar um ato público sem licença prévia, disse uma porta-voz da polícia. Ela estimou em 200 o número de participantes; os manifestantes estimaram o total em 300 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.