REUTERS/Brian Snyder
REUTERS/Brian Snyder

Isso não é um reality show, diz Obama em campanha de Hillary 

Ao participar do primeiro evento da campanha presidencial dos EUA, o presidente subiu ao palco ao lado de Hillary e disse ser ela a 'mais qualificada' para governar o país

O Estado de S. Paulo

05 Julho 2016 | 18h11

Ao participar do primeiro evento da campanha presidencial dos EUA, o presidente Barack Obama subiu ao palco nesta terça-feira, 5, ao lado de Hillary Clinton e disse ser ela a "mais qualificada" para governar os Estados Unidos. Em Charlotte, na Carolina do Norte, ele também criticou o provável rival republicano Donald Trump, um ex-apresentador de reality show. "Isso não é um reality show. Isso é realidade", disse Obama. 

Obama também criticou a prática de Trump de fazer suas críticas via Twitter. Segundo ele, ninguém entende o trabalho de um presidente até que se ocupe esse posto. "Qualquer um pode tuitar, mas não são todos que sabem (o que é ser presidente)", disse. Ele brincou e disse que até sua filha mais nova, Sasha, tuita, mas isso não significa que ela possa presidir. 

Air Force One. Hillary e voaram juntos no Air Force One para a Carolina do Norte, o que foi criticado por Trump. Pelo Twitter, o magnata criticou e perguntou quem estava pagando pela viagem. “Por que o presidente Obama permitiu usar o Air Force One para um evento de campanha da desonesta Hillary? Quem paga?”, tuitou o magnata. 

Os presidentes americanos fazem todas as suas viagens aéreas em voos do Air Force One, sem importar o propósito delas. Comitês políticos são obrigados a contribuir com o custo das viagens relacionadas a campanhas, mas uma pequena parte delas também é paga pelo contribuinte. / COM AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.