Itália amplia prazo de permanência militar no Iraque

O governo italiano baixou decreto estendendo a missão militar do país no Iraque até o final deste ano. O mandato das tropas da Itália em solo iraquiano deveria expirar em 30 de junho, e agora está prorrogado até 31 de dezembro. O decreto deve ainda passar pelo Parlamento, onde o governo tem maioria.A Itália enviou 3.000 soldados ao Iraque depois da queda de Saddam Hussein. O contingente concentra-se na cidade de Nassíria, no sul do país. O premier italiano, Silvio Berlusconi, um defensor ferrenho da política dos EUA para o Iraque, disse que suas tropas ficarão no país até que a democracia se estabeleça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.