Itália comemora 150 anos de unidade nacional

A Itália celebra hoje 150 anos de unidade nacional, em meio a comemorações na capital. O primeiro-ministro Silvio Berlusconi e o presidente Giorgio Napolitano participaram de uma cerimônia no edifício do Altar da Pátria, na Piazza Venezia, o qual foi inaugurado em 17 de março de 1911, quando a Itália era uma monarquia e sua reunificação havia completado 50 anos.

AE, Agência Estado

17 de março de 2011 | 15h42

Mais cedo, Berlusconi e Napolitano depositaram flores no túmulo de Vittorio Emanuele II, primeiro rei da Itália, cujo corpo está sepultado no Pantheon. Os italianos raramente exibem sua bandeira tricolor, exceto em eventos esportivos, mas hoje, em Roma, muitas bandeiras eram vistas nas janelas e sacadas das casas.

Alguns italianos aproveitaram a ocasião para vaiar Berlusconi. O premiê irá a julgamento no próximo mês acusado de ter pago para fazer sexo com uma menor de idade, que tinha 17 anos. Berlusconi nega as acusações. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.