Itália culpa Otan por naufrágio de líbios

A Itália quer que a Otan investigue se falhas de forças da aliança atlântica impediram o resgate de um navio que levava imigrantes da Líbia para a ilha italiana de Lampedusa. A Guarda Costeira foi ao socorro da embarcação, com 300 pessoas, que supostamente estava há horas a deriva no Mediterrâneo. Segundo a imprensa de Roma, forças da Otan poderiam ter efetuado o resgate antes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.