Itália encontra barco com 13 cadáveres e 15 sobreviventes

A Guarda Costeira italiana resgatou um barco de imigrantes clandestinos vindo da Líbia, com 13 mortos e 15 sobreviventes a bordo, incluindo uma mulher em coma. A embarcação ficou sem suprementos ao largo da costa da Sicília. As autoridades investigam as alegações de sobreviventes, de que dezenas de corpos de outros passageiros, mortos, foram jogados ao mar.Alguns dos sobreviventes, todos sofrendo de desidratação grave, foram descritos como ?delirantes? pelas autoridades, e o capitão do porto da ilha de Lampedusa, Michele Niosi, disse que não era possível, ainda, submetê-los a interrogatório. Acredita-se que os imigrantes ilegais tenham vindo da Somália.?Peloq ue puderam dizer, eles não comiam nada há 20 dias. Estavam no fim das forças. Parece que não bebiam água há três dias?, disse Niosi. O barco dos clandestinos foi encontrado por pescadores italianos, na noite de domingo, a 110 km de Lampedusa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.