Itália escolhe candidato a premiê de centro-esquerda

Eleitores italianos votaram neste domingo para escolher quem será o candidato de centro-esquerda a primeiro-ministro nas próximas eleições nacionais. Os pré-candidatos são o líder do Partido Democrático, Pier Luigi Bersani, e o prefeito de Florença, Matteo Renzi.

PAULA MOURA, Agência Estado

02 de dezembro de 2012 | 15h01

O vencedor das primárias será o favorito para liderar o próximo governo da Itália, pois pesquisas indicam que o Partido Democrático deve vencer o pleito a ser realizado em março ou abril, embora não tenha a maioria absoluta. Bersani, de 61 anos e ex-partido comunista, enfrenta Renzi, de 37 anos, que se inspira no presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e no ex-premiê britânico Tony Blair.

Ambos disseram que, se vencerem as eleições, seguirão as reformas do primeiro-ministro Mario Monti, que tiraram a Itália do caminho da falência durante um ano de governo. O vencedor deste domingo enfrentará a centro-direita, que está em crise desde que Silvio Berlusconi renunciou como premiê em novembro do ano passado após uma série de escândalos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.