Itália irá retirar 1.110 soldados do Iraque em junho

O contingente militar italiano no Iraque será reduzido em 1.100 soldados em algum dia de junho, afirmou nesta sexta-feira o ministro do exterior italiano, Massimo D´Alema. A declaração veio horas após o ministro ter se encontrado com o primeiro-ministro, Romano Prodi, para planejar uma retirada estratégica das tropas italianas do Iraque."Em junho diminuiremos nossos soldados de 2.700 para 1.600", disse D´Alema durante um programa televisivo. Essa afirmação marca a primeira vez que o novo governo menciona os números atuais sobre a retirada planejada.A decisão de retirar esse contingente no próximo mês foi tomada pelo governo anterior do conservador Silvio Berlusconi, mas o novo governo de centro-esquerda de Prodi irá mantê-la por enquanto, afirmou o porta-voz do ministério do Exterior, Pasquale Terracciano."Os próximos passos ainda não foram decididos ainda", disse Terracciano.Esse texto foi alterado às 17h44 de 26/05

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.