Itália: Napolitano nomeia Monti senador vitalício

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, nomeou nesta quarta-feira o economista Mario Monti como senador vitalício, escolhendo para o cargo um político amplamente indicado como possível líder em um governo de emergência.

AE, Agência Estado

09 de novembro de 2011 | 17h12

Monti, que foi comissário europeu por duas vezes, teve sua nomeação endossada pelo demissionário primeiro-ministro Silvio Berlusconi. Napolitano deu a notícia "pessoalmente" a Monti, disse o comunicado, ao sugerir que foi uma decisão rápida. Berlusconi prometeu renunciar após a votação das medidas de austeridade no Parlamento, o que poderá acontecer no domingo.

Entre os senadores vitalícios e biônicos da Itália estão ex-presidentes e outras personalidades escolhidas por mérito, como cientistas e industriais. Os senadores vitalícios têm direito a voto.

Vários jornais italianos especularam que Monti pode ser um possível chefe de governo tecnocrata ou de um governo de unidade nacional.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.