Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Itália pede que Brasil reconsidere condição de Battisti

A Itália pediu hoje que o Brasil reconsidere a decisão de conceder asilo político ao escritor italiano Cesare Battisti, ex-militante do grupo de extrema-esquerda Proletários Armados pelo Comunismo, nos anos 70. O ministro de Relações Exteriores italiano, Franco Frattini expressou "surpresa e pesar" pelo fato de, com a decisão, o Ministério da Justiça impedir a extradição do esquerdista Battisti para a Itália por temer que ele seja perseguido. Battisti pode ser libertado assim que o presidente ou vice-presidente brasileiro assinar sua ordem de soltura. Hoje o governo italiano convocou o embaixador brasileiro em Roma para protestar contra a decisão brasileira. O italiano, de 54 anos, é procurado por envolvimento em quatro assassinatos nos anos 1970. Ele fugiu para a França, onde escreveu livros policiais. Battisti escapou de uma prisão italiana em 1981, foi condenado à revelia e sentenciado à prisão perpétua por dois assassinatos. Ele não foi julgado pelas duas outras mortes. Battisti nega os assassinatos. Com informações da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.