Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Itália resgata 970 imigrantes abandonados em navio por contrabandistas

Autoridades disseram que os imigrantes, cuja a maioria parece ser da Síria, chegaram em Galípoli nesta quarta

AE, Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2014 | 10h53

A Guarda Costeira da Itália resgatou 970 imigrantes depois que contrabandistas os abandonaram em um navio de carga. Autoridades disseram que os imigrantes, cuja a maioria parece ser da Síria, chegaram em Galípoli, sudeste da Itália, antes do amanhecer na quarta-feira. Mais de 100 imigrantes foram tratados de hipotermia.

Seis funcionários da Guarda Costeira italiana chegaram de helicóptero ao navio Blue Sky, que carregava uma bandeira de Moldávia, após um passageiro da embarcação enviar um pedido de socorro, enquanto o navio estava perto da costa grega.

O comandante da Guarda Costeira, Filippo Marini, disse que eles não encontraram nenhuma tripulação a bordo. As autoridades, em seguida, levaram o navio para a Itália.

Para evitar a captura, os contrabandistas frequentemente abandonam migrantes no mar. Dezenas de milhares de pessoas tentam atravessar o Mediterrâneo todos os anos, fugindo de conflitos e da pobreza. /AP

Tudo o que sabemos sobre:
itáliaimigrantesresgate

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.