Itália vive greve geral no transporte público

Uma greve geral de 24 horas no transporte público na Itália afetou as grandes cidades do país. A greve foi convocada pelas três maiores centrais sindicais italianas, para pedir a renovação do contrato dos empregados do transporte público. Em Roma, o tráfego de automóveis foi maior que o normal, forçando as autoridades a abrir o acesso ao centro histórico. Segundo os sindicatos, 97% dos trabalhadores aderiram à greve, enquanto as empresas asseguram que apenas 51% dos funcionários deixaram de trabalhar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.