Italiana e seu cão, presos por causar problemas em avião

Uma italiana idosa foi presa por recusar-se a evitar que seu cão passeasse pela cabina durante um vôo entre a Suíça e Itália, confirmou, hoje, a empresa aérea Swiss.A mulher, que não foi identificada, não atendeu a vários pedidos da tripulação para que mantivesse seu cão no compartimento especial para animais de estimação, contou o porta-voz da empresa, Jean-Claude Donzel, confirmando notícia do site na Web do jornal suíço Blick.A recusa da italiana levou a uma confrontação com outros passageiros num vôo se Zurique a Roma, sábado. Finalmente, o piloto contatou Roma e pediu que a polícia encontrasse o avião.A Swiss permite que animais viagem na cabina dos aviões se forem pequenos o suficiente para serem mantidos numa saca especial. Só é permitido um animal por vôo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.