Italiano teria sido sequestrado em Gaza

Um movimento pró-palestino anunciou hoje que um de seus integrantes foi sequestrado por militantes islâmicos na Faixa de Gaza. A vítima do sequestro denunciado pelo Movimento Internacional de Solidariedade foi identificada como Vittorio Arrigoni, de 36 anos, natural da Itália.

AE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 17h30

Se confirmado, este será o primeiro sequestro de um estrangeiro em Gaza desde que o Hamas assumiu o controle total do sitiado território palestino litorâneo ao deter uma tentativa de golpe pela facção rival Fatah em meados de 2007.

Um vídeo mostrando o sequestro foi divulgado, além da exigência do grupo responsável para que o governo do Hamas coloque em liberdade dois de seus integrantes, presos em março. O grupo ameaça executar o refém do Movimento Internacional de Solidariedade se as exigências não forem atendidas até a tarde de amanhã.

O Movimento Internacional de Solidariedade atua na Cisjordânia e na Faixa de Gaza. O grupo é conhecido por tentar evitar ações militares de Israel nos territórios palestinos. De acordo com Huwaida Arraf, cofundadora do movimento, os integrantes de seu grupo têm entrado e saído de Gaza por mais de dois anos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
sequestroitalianoGaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.