Italiano traído pode insultar amante de esposa

Um Tribunal italiano deu nesta terça-feira ?liberdade? aos maridos traídos para que ofendam publicamente o amante de suas esposas, sem cometer nenhuma infração, porque se reconhece o ?estado de ira? do traído.Até o momento, a justiça italiana reconhecia ao marido o direito de insultar publicamente somente sua legítima esposa, um direito que se estende também às mulheres traídas.O tribunal italiano reconheceu o direito sustentando que a mulher traiu o marido com a ?colaboração do amante?.A medida foi adotada após um marido traído ter sido condenado, em primeira instância, por injúria e difamação ao chamar o amante de sua mulher de ?verme? e ?covarde? em público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.