Italianos que trabalham na Líbia são sequestrados

Homens armados sequestraram dois italianos que trabalham para uma empresa de telecomunicações no leste da Líbia, informou neste sábado a agência de notícias oficial do país africano.

Agência Estado

18 de janeiro de 2014 | 20h36

Segundo a agência, o motorista que transportava os italianos relatou o incidente, dizendo que indivíduos armados e mascarados pararam o veículo e forçaram os estrangeiros a sair do carro, em uma estrada entre as cidades orientais de Derna e Tobruk, nesta sexta-feira.

Testemunhas disseram à agência que as vítimas trabalham para uma empresa que presta serviços para o Ministério da Comunicação da Líbia. O motivo do sequestro ainda não está claro. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
LÍBIASEQUESTROITALIANOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.