Itamaraty ainda não confirma morte de diplomata na Tailândia

A Assessoria de Imprensa do Itamaraty informou que por enquanto continuam desaparecidos a diplomata brasileira, Lys Amaio D´Avola, e seu filho. Ela é conselheira da embaixada brasileira na Tailândia e estaria de férias com a família num complexo turístico quando o maremoto aconteceu.O embaixador brasileiro na Tailândia, Marco Antonio Diniz, está na ilha Phuket para acompanhar as buscas da brasileira e do filho. Itamaraty ainda não tem a confirmação se eles estariam mortos.Informações sobre o paradeiro de familiares que estavam nas regiões atingidas podem ser obtidas na divisão de assistência consular pelos telefones 61- 411 6999 e 61- 9976 8205. A embaixada da Tailândia também está divulgando uma lista com os nomes dos mortos na tragédia pelo site Www.moph.go.th.O Sirilanca abriu uma conta corrente, no Banco do Brasil, onde podem ser feitos depósitos para ajudar as famílias das vítimas do maremoto. Qualquer quantia pode ser depositada na conta 46034-6, da agência 1606-3, do Banco do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.