Itamaraty: bomba na Embaixada no Chile foi fato isolado

A polícia chilena já iniciou investigação para apurar a explosão de uma bomba caseira em frente à Embaixada do Brasil em Santiago. A informação é da assessoria de imprensa do Itamaraty, que foi informado do acontecimento hoje pela manhã. O episódio está sendo considerado um fato isolado, "um incidente sem maiores repercussões", uma vez que o Brasil mantém boas relações diplomáticas com o Chile.A bomba caseira explodiu em frente ao prédio da embaixada por volta das 0h30 (horário local), sem deixar feridos e provocando poucos estragos, como o estilhaço de algumas vidraças. Moradores da região onde está situada a representação brasileira disseram à imprensa local que viram um homem fugindo da região momentos antes da explosão.

EQUIPE AE, Agencia Estado

06 de agosto de 2008 | 19h01

Tudo o que sabemos sobre:
explosãoChileEmbaixada do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.