Itamaraty: Colômbia agradece ajuda no resgate de reféns

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) informou na noite de hoje, em nota oficial, que o chanceler Celso Amorim recebeu hoje um telefonema do ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Jaime Bermúdez, e que este agradeceu, em nome do governo de Bogotá, a ajuda do Brasil nas operações de libertação de seis reféns que estavam em poder Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na selva colombiana.A nota contém a confirmação oficial de que o governo brasileiro, a pedido do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, prestou essa ajuda, com a concordância do governo da Colômbia. O texto oficial informa que o Brasil forneceu "apoio logístico" de helicópteros e tripulações militares às operações.Na nota do MRE, o governo brasileiro transmite aos recém-libertados "os mais calorosos cumprimentos" e congratula-se com o governo colombiano e a Cruz Vermelha "pela êxito da missão humanitária". "O governo brasileiro manifesta a expectativa de que essa iniciativa bem-sucedida dê ensejo à libertação de todos os sequestrados que permanecem ainda distantes de seus familiares e possibilite novas perspectivas para o processo de paz e reconciliação de todos os colombianos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.