Itamaraty conta 208 brasileiros na região do terremoto

O Itamaraty contabilizou 208 brasileiros que estariam nos países atingidos pelo terremoto de domingo. O governo fez a lista com base nos contatos feitos por parentes e amigoscom o Departamento de Assistência Consular (DAC) do Ministério das Relações Exteriores (MRE).Muitas pessoas têm telefonado para o DAC a fim de conseguir contatar os brasileiros, a maioria deles turistas que viajou para passar férias.O Itamaraty esclareceu que esses brasileiros não podem ser considerados desaparecidos ou mortos, porque muitos deles não teriam sido localizados por causa dos problemas de telefonia ocasionados pelo terremoto.Também informou que não há qualquer notícia oficial sobre o desaparecimento de dois brasileiros na Tailândia. Até agora, o governo confirmou as mortes da diplomata carioca Lys Amayo de Benedek, de 48 anos, e de seu filho Gianluca, de 10 anos.O Ministério das Relações Exteriores também recebeu a notícia, depois de contatos com as embaixadas naqueles países, de que 70 brasileiros foram localizados e passam bem. A assessoria de imprensa do Itamaraty informou, no entanto, que não se sabe se essas 70 pessoas fariam parte da lista dos 208 brasileiros - o DAC está concluindo o trabalho de checagem das duas relações de nomes.O governo recebeu ainda a informação das embaixadas na Malásia e no Sri Lanka que não há registro de mortes de brasileiros nos dois países.Para solicitações de dados sobre o paradeiro de brasileiros, as pessoas podem contactar o DAC pelos telefones 61-411-6999 e 61-9976-8205 (plantão) e pelo e-mail dac@mre.gov.br. Há um outro número do plantão noturno (das 19h00 às 7h00): 61-411-6456.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.