Reuters
Reuters

Itamaraty desconhece planos de Lugo de visitar países do Mercosul

De acordo com o Ministério de Relações Exteriores, o Brasil não tentou demover o ex-líder paraguaio a vir ao País

Lisandra Paraguassu, de Brasília,

09 de julho de 2012 | 20h22

BRASÍLIA - O Itamaraty desconhece os planos do ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, de fazer um circuito de viagens pelos países do Mercosul e nega que tenha tentado demovê-lo de visitar o Brasil.

 

Não há, no Ministério das Relações Exteriores, pedidos de encontros com o ministro Antonio de Aguiar Patriota e nem com a presidente Dilma Rousseff.

 

Não existem impedimentos para Lugo visitar o Brasil, mas ele seria recebido como cidadão comum, já que não tem mais qualquer cargo no governo paraguaio. Poderia ser recebido, mas dependeria de agenda e não seria mais prioritário.

 

Por enquanto, não há planos do governo brasileiro de receber Lugo ou o novo presidente, Frederico Franco. A presidente Dilma Rousseff já havia deixado claro que não receberia Franco. Mas, apesar das declarações à imprensa local de que gostaria de restabelecer as relações normais com o Brasil e encontrar Dilma, o governo paraguaio também não apresentou um pedido formal de visita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.