Massimo Percossi/ANSA via AP
Massimo Percossi/ANSA via AP

Itamaraty emite comunicado em solidariedade às vítimas do terremoto na Itália

Nota indica que a embaixada e o consulado-geral brasileiros em Roma estão ‘monitorando a situação’ e que não há registro de cidadãos do Brasil entre os mortos

O Estado de S.Paulo

24 Agosto 2016 | 10h54

O governo do presidente em exercício, Michel Temer, emitiu uma nota, por meio do Ministério das Relações Exteriores, em apoio às vítimas do terremoto que atingiu a região central da Itália nesta quarta-feira, 24. Ao menos 73 pessoas morreram, centenas estão desaparecidas e milhares estão desabrigadas.

“O governo brasileiro tomou conhecimento, com pesar, do forte terremoto que atingiu a região central da Itália na madrugada desta quarta-feira, causando dezenas de vítimas fatais e significativa destruição material, principalmente na cidade de Amatrice”, indica o texto.

O comunicado informa que a embaixada e o consulado-geral brasileiros em Roma estão “monitorando a situação” e que ainda não há registro de cidadãos do Brasil entre as vítimas.

“O governo brasileiro expressa sua solidariedade aos familiares das vítimas, ao povo e ao governo da Itália.”

Segundo a agência de notícias Interfax, a embaixada russa também informou que não há russos entre os feridos na tragédia.

A emissora alemã Deutsche Welle informou que um porta-voz do governo alemão disse: “Nossos pensamentos estão com nossos amigos italianos e todos aqueles que foram afetados pelo terremoto”.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.