Itamaraty retira 17 brasileiros do Líbano

O governo já retirou do Líbano 17 brasileiros e um libanês casado com uma brasileira, usando um ônibus que cruzou a fronteira com a Síria e deve chegar neste sábado à Turquia. De acordo com informações do Itamaraty, o grupo é de turistas que estavam na região e que procuraram a embaixada do Brasil depois do início do conflito com Israel. O Itamaraty garantiu que o grupo está em segurança, mas informou que a retirada de outras pessoas está comprometida. Desde a partida do ônibus, a situação de segurança no País está se deteriorado e não há previsão de outra saída. Por enquanto, nenhum outro grupo de brasileiros procurou a embaixada. Na Turquia, diplomatas vão levá-los até Istambul e tentarão organizar seu retorno ao Brasil. A maioria dos brasileiros têm passagens aéreas de volta ao Brasil, mas provenientes de Beirute. A embaixada vai ajudá-los a trocar as passagens via Europa. Outros estrangeiros retiradosEmbaixadas e ministérios de diversos países estão enviando vôos fretados para buscar os repatriados. Gregos, chipriotas, franceses, britânicos, norte-americanos, italianos, tchecos, espanhóis, holandeses, egípcios e marroquinos já estão a caminho do país de origem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.