Itamaraty tenta confirmar morte de brasileiros em ação antiterror no Iêmen

Presidente iemenita diz que cidadãos do País morreram em operação contra Al-Qaeda

TÂNIA MONTEIRO,

30 de abril de 2014 | 08h24

BRASÍLIA -O Ministério das Relações Exteriores informou na noite da terça-feira, 29, que não tem informações concretas se há brasileiros entre os mortos num ataque com drones contra militantes islâmicos no Iêmen. Uma ofensiva do Exército no sul do país árabe levou à morte de 18 militares e 12 suspeitos de integrarem a Al-Qaeda.

O presidente iemenita, Abd Rabbo Mansur Hadi, afirmou que há corpos de combatentes de várias nacionalidades, e entre eles estariam brasileiros, franceses, holandeses, alemães e árabes.

O Itamaraty disse que "está buscando averiguar junto às autoridades do Iêmen se realmente haveria brasileiros entre os mortos" naquele país, mas ainda não recebeu nenhum retorno dos iemenitas.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmenterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.