Iyad Madani apoia ida de palestinos a ONU contra Israel

O secretário-geral da Organização para a Cooperação Islâmica, Iyad Madani, declarou que os 57 membros do grupo pressionam os palestinos para que se juntem ao Tribunal de Crimes Internacional para processar políticos e líderes militares israelenses por crimes de guerra e contra a humanidade.

Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 17h37

Em entrevista neste sábado, Madani disse ainda que a Organização para a Cooperação Islâmica apoia fortemente o presidente palestino, Mahmoud Abbas, no plano de pedir ao Conselho de Segurança das Nações Unidas para impor um prazo para a retirada israelense de terras palestinas.

Sobre a atuação do grupo Estado Islâmico (EI) no Iraque e Síria, ele descreveu como "criminosos" e suas ações como "loucura". Madani disse que apoia os ataques aéreos dos Estados Unidos na Síria e Iraque para desmantelar o grupo extremista. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
MadaniIsraelPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.