Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Já são mais de 300 os mortos em incêndio no Paraguai

Sobreviventes do incêndio que atingiu um supermercado lotado no Paraguai denunciam que portas trancadas atrapalharam a fuga do local, onde o fogo matou pelo menos 311 pessoas - o pior desastre registrado no Paraguai em meio século. Centenas de pessoas também ficaram feridas pelas chamas que se espalharam rapidamente pelo mercado Ycua Bolanos. Segundo o Ministério da Saúde há 276 feridos, incluindo 70 pessoas em condição crítica.Segundo as autoridades, este é o maior número de vítimas registrado no Paraguai desde o golpe militar frustrado de 1947, que deixou 8.000 mortos. O calor fez um dos andares do supermercado desmoronar, soterrando carros no estacionamento e impedindo a fuga das pessoas que estavam dentro de seus veículos, segundo a polícia.As autoridades dizem que dois proprietários do supermercado estão presos para interrogatório. Nota emitida pela gerência da empresa nega que as portas tenham sido trancadas no início do incêndio para evitar saques. ?Os guardas de segurança confirmam que não fecharam as portas?, disse Juan Pio Paiva, um dos proprietários detidos. Ele disse lamentar o incidente e que o prédio obedecia as normas de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.