Jacarta calcula danos de inundações em US$ 881 milhões

O governo da Indonésia calcula em US$ 881 milhões os danos provocados pelas recentes inundações em Jacarta, que causaram 80 mortes, após a nova avaliação do Ministério dePlanejamento de Desenvolvimento Nacional. O número, apresentado pelo diretor-geral de orçamento do Ministério das Finanças, Achmad Rochadi, elevou a avaliação anterior, de US$ 475 milhões. E ainda não é a definitiva, segundo informa a agência nacional Antara.Entre as infra-estruturas mais danificadas estão as escolas,centros de saúde, transporte, estações de gás, eletricidade e telecomunicações, disse Rochadi.Enquanto a cidade trabalha na limpeza e reconstrução, oshospitais atendem uma grande quantidade de pacientes com doenças relacionadas às inundações, Entre elas, diarréia, dengue, afecções respiratórias agudas e irritações e alergias na pele. Alguns pacientes apresentam leptospirose, uma doença transmitida por ratos.O hospital de Koja, no norte de Jacarta, foi reforçado com 60 médicos e enfermeiras, mas está no limite de sua capacidade. Foi preciso instalar tendas de campanha hospitalares do Exército para atender os doentes.O jornal The Point informa que pelo menos 15 hospitais da cidade estão saturados e precisam usar camas dobráveis oferecidas pelo Exército e organizações humanitárias. Por enquanto, não parece haver uma crise alimentícia entre as vítimas. O Governo prometeu aos cerca de 400 mil desabrigados que vai distribuir 10 quilos de arroz de graça por pessoa durante os próximos dois meses.O Programa Mundial de Alimentos, das Nações Unidas, assim como outras agências internacionais e ONGs distribuíram na última semana milhares de pacotes de ajuda e instalaram cozinhas comunitárias. A comunidade internacional doou um total de US$ 3 milhões, segundo dados da Junta Nacional de Coordenação de Gestão de Desastres. A maior contribuição foi de Japão e Holanda, que doaram ? 1 milhão cada um.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.