Jacob Zuma assume a presidência da África do Sul

Jacob Zuma tornou-se hoje o novo presidente da África do Sul e se comprometeu a realizar os sonhos de todos os sul-africanos, depois de ter superado as denúncias de corrupção e escândalos sexuais para atingir o maior posto da nação. Dezenas de milhares de pessoas foram dar sua aprovação à posse de Zuma, cuja popularidade rivaliza apenas com a de Nelson Mandela no país. "Os sonhos e esperanças de todas as pessoas de nosso país têm que ser realizados. Não há lugar para complacência, cinismo ou desculpas", disse ele.

AE-AP, Agencia Estado

09 de maio de 2009 | 13h27

Zuma, 67 anos, é um ex-guerrilheiro e chefe da inteligência do partido Congresso Nacional Africano (CNA). O novo presidente chegou à posse acompanhado de sua esposa mais velha, Sizakele Khumalo. A poligamia de Zuma criou dúvida a respeito de qual das três atuais esposas irá atuar como primeira dama. Ao chegar no palanque, Zuma se ajoelhou aos pés de Nelson Mandela, em sinal de respeito.

Tudo o que sabemos sobre:
África do SulJacob Zuma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.