Japão aceitará ajuda dos EUA para crise nuclear

O porta-voz do alto comando do governo japonês, Yukio Edano, disse nesta sexta-feira, no horário local, (noite de quinta-feira em Brasília), que Tóquio aceitará a ajuda técnica dos Estados Unidos para controlar a crise nuclear por que passa o país. Segundo ele, o Japão já discute o assunto com Washington. O porta-voz do governo detalhou: "Estamos analisando de que forma os EUA podem nos prover neste momento, e quais são as coisas de que nosso povo realmente precisa. Pedimos um suporte específico ao americanos e eles, certamente, estarão dispostos a colaborar conosco", disse Edano. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.